16/02 ~ João Donato e Cordão do Boitatá

16/02 ~ João Donato e Cordão do Boitatá

É com grande honra que o Teatro Rival completa 85 anos na cultura musical brasileira recebendo João Donato – que também completa 85 carnavais – celebrando 70 anos de carreira com show onde divide o palco com o tradicional Cordão do Boitatá, um dos mais respeitados blocos carnavalescos do Rio de Janeiro. O show acontece no dia 16 de fevereiro, sábado, às 19h30, na Cinelândia.

Donato e Boitatá já se encontraram em outras ocasiões no tradicional palco da Praça XV. “É grande minha admiração por este bloco formado por grandes músicos, compositores e intérpretes que cultuam o melhor da música brasileira”, elogia o compositor e pianista.

Sucessos dançantes como “Nasci para bailar” (Donato e Paulo Andre Barata), “Bananeira” (Donato e Gil), “A rã” (Donato e Caetano), “Emoriô” e “Tudo Tem” (Donato e Gil), e mais os três sambas com Martinho da Vila como “Suco de Maracujá”, “Gaiolas abertas” e “Daquele amor nem me fale”; além das canções bossa nova “Minha Saudade” e “Café com Pão”. Também estão presentes composições recentemente lançadas, como “Gol da Coréia”, “Muganga” (com Ronaldo Bastos); e as novas canções do álbum “Sintetizamor” (vencedor do Prêmio da Música Brasileira 2018, categoria Eletrônico) com Donatinho, “Lei do Amor” e “Quem é Quem”. Do álbum Donato Elétrico, três músicas instrumentais: “Xaxado de Hércules”, “Urbano” e “G8”.

Aliás, o suingue da música de João Donato é inconfundível e cabe certinho em uma sinfonia, numa gafieira ou numa lounge. A primeira canção composta por este acreano, considerado precursor da Bossa Nova, foi uma valsa para sua primeira namoradinha, Nini, aos 7 anos de idade. Gênio que influencia há décadas a música do mundo, João Donato tem em seu catálogo, samba, baião, samba canção, forró, coco, salsa, bolero, jazz, funk soul e muito mais. Todos os ritmos, especialmente os brasileiros, estarão presentes no repertório do show no Teatro Rival.

A banda é a que acompanha o compositor e pianista acreano há décadas: Robertinho Silva (bateria), Luiz Alves (contrabaixo), Ricardo Pontes (sax/flauta) e José Arimatéa (trompete).


Serviço

Teatro Rival – Rua Álvaro Alvim, 33/37 – Centro/Cinelândia – Rio de Janeiro. Data: 16 de fevereiro (Sábado) Horário: 19h30. Abertura da casa: 18h. Ingressos: R$ 70,00 (Inteira), R$ 50,00 (Promoção para os 100 primeiros pagantes), R$ 35,00 (meia-entrada). Venda antecipada pela Eventim – http://bit.ly/TeatroRival_Ingressos2GIaEKp  Bilheteria: Terça a Sexta das 13h às 21h | Sábados e Feriados das 16h às 22h Censura: 18 anos. www.www.teatrorivalrefit.com.br. Informações: (21) 2240-9796. Capacidade: 350 pessoas. Metrô/VLT: Estação Cinelândia.

*Meia entrada: Estudantes, Idosos, Professores da Rede Pública e Assinantes O Globo.